terça-feira, setembro 15, 2009

A sensibilidade da poesia

A poesia me encanta com

sua sensibilidade e magia,
verdadeira pedra de Alquimia...
Me acalanta em todos os
momentos do dia...

Inspira-me, falando de sentimentos
que tocam ao coração,
são expressões d’Alma triste ou feliz

recitadas com emoção...
A poesia é a Luz que clareia
meu caminhar,fonte de contemplação

do meu amar, do meu sonhar...
Contemplação que nasce do jardim
secreto de minh’Alma,
na delicadeza de uma mística
rubra flor
com suas suaves pétalas de amor...
A poesia enleva meu espírito a
transcender o universo,como nestes simples traçados

e versejados versos.

Elias Akhenaton.

sua sensibilidade e magia,
verdadeira pedra de Alquimia...
Me acalanta em todos os
momentos do dia...

Inspira-me, falando de sentimentos
que tocam ao coração,
são expressões d’Alma triste ou feliz

recitadas com emoção...
A poesia é a Luz que clareia
meu caminhar,fonte de contemplação

do meu amar, do meu sonhar...
Contemplação que nasce do jardim
secreto de minh’Alma,
na delicadeza de uma mística
rubra flor
com suas suaves pétalas de amor...
A poesia enleva meu espírito a
transcender o universo,
como nestes simples traçados
e versejados versos.

Elias Akhenaton.

Um comentário: