quarta-feira, dezembro 30, 2009

Luz, Vida e Amor!

No centro da Rosacruz
Desabrocha a rubra flor
Símbolo que me conduz
Na senda da Luz, Vida e Amor.

Exala um perfume alquímico
Que fica sutil no ar
Impregnando meu corpo anímico
Que faz minh’Alma no infinito levitar.

Entro em contato com o Cósmico
Meu ser é enlevado em poesia
Sou um buscador Místico
Envolto nesta sublime trilogia.

Luz que emana Vida
Vida que emana Amor
Amor é a Luz da Vida
Na mística rubra flor.

Elias Akhenaton

terça-feira, dezembro 15, 2009

Quem sou?


Elias Akhenaton é o pseudônimo de Elias Ferreira da Silva, um pensador, poeta, trovador e haicaista brasileiro de ascendência peruana, de etnias; indígena e cigana, por parte de pai.
  
Um homem simples, corajoso e sincero. Acredita na justiça divina, no amor puro e desinteressado. Respeita e admira as leis da natureza em todos os seus mistérios e belezas. Sabe e admite que como ser humano têm várias manias, defeitos e limitações, mas está sempre disposto a superá-las a cada instante, nos momentos e oportunidades do seu dia a dia, procurando novos aprendizados, ou seja, um eterno aprendiz, um peregrino da vida.

Nascido às margens do Rio Madeira na cidade de Porto Velho, capital do estado de Rondônia, Brasil, dai sua definição de chamar-se também de beradeiro, um pescador de emoções. Começou a escrever poesia na adolescência, tendo publicado em alguns recortes de revistas da época de circulação nacional, como “Capricho” e “Carícia”. “O tempo passa, mas a poesia é eterna... Nunca morreu e nunca morrerá, sempre se eternizará, posto que é concebida no coração de um ser imortal... O poeta.” – Elias Akhenaton.

No dia 01/11/2011, foi nomeado Embaixador Universal da Paz pelo "Circle Universel des Ambassadeurs de la Paix" Suisse/France.

1º lugar no Concurso de Poesia sobre o tema "Natal" realizado pela Comunidade Poesia com Amor na rede social Orkut em dezembro/2011 com o poema intitulado "Soneto de Natal".

3º lugar no 7º Concurso Literário realizado pelo site de poesias Poemas de Amor, participando com o poema " O amor é divino" com 113 votos.
  
Participou das antologias; "Melhores da Poesia Brasileira", lançada no dia 23 junho de 2012 em São Paulo, organizada pelas Embaixatrizes e Poetisas Jane Rossi e Mônica Rosenberg e "Antologia Café com Verso", lançada na 22ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo no dia 11/08/2012, organizada pela Poetisa Penélope Lsteak.


-**-Elias Akhenaton-**-
“Um peregrino da vida, pescador de emoções.”