terça-feira, junho 01, 2010

O Renascer da Fênix


Estou no canto, em pranto
E desencanto,
Vivendo um momento triste que de
Minh’Alma aflora,
Chora...

O vento bate forte como se eu
Estivesse em alto mar com meu barco
Balançando nas ondas agitadas
Da amargura...

Em terra, que não é mais firme,
O vento continua batendo
Derrubando as flores do meu jardim
E a ave que habita em mim,
Não tem força para alçar
Seu belo vôo...

Contudo, preciso me levantar,
Sou PEREGRINO da Vida, destemido
Caminheiro, tenho que
ACREDITAR,
Ter FÉ que
Esse vendaval que se abateu
Sobre minha vida vai passar,
O mar vai se acalmar,
As flores do jardim renascerão...

E, enfim, a grande Ave Soberana
Que habita em meu ser poderá
Alçar seu belo vôo de LIBERDADE pelo ar
Num lindo céu azul
Tal qual uma Águia Fênix, ressurgindo,
Despertando, renascendo
Na Chama verde da ESPERANÇA.

Elias Akhenaton
"Eterno aprendiz, um peregrino da Vida"

4 comentários:

  1. Lindo seu poema!
    Fé, Esperança, crença em dias e situaçoes melhores depois das Tempestades da Vida!
    Escreves muito bem...volto aqui ainda mais vezes pra ver com mais calma...
    Ate

    ResponderExcluir
  2. Olá...!

    Sabes...? O meu blog conta já com um ano...! E para a ocasião escrevi algo que também é para ti... e, de passagem, podes ver que há um selo que podes levar, se assim o quiseres... Pois, como o seu nome indica, serve para "selar" este vínculo que nos uniu neste tempo transcorrido..., isso me encantaria..., e faria completo este festejo e a minha alegria...!
    Ou se não..., ofereço-te uma flor de Ceibo que é a flor do meu país: Argentina.

    Obrigado pela tua presença...!

    Cumprimentos,

    SERGIO.

    ResponderExcluir
  3. Olá Elias, tudo bem? Encontrei seu blog e me identifiquei muito com suas palavras e delicadeza. Estou estreando um novo blog, Cores da Alvorada (www.coresdalvorada.blogspot.com) que pretende refletir a Vida! Será muito bom compartilhar com vc pensamentos de amadurecimento espiritual. Espero que goste! Grande abraço

    ResponderExcluir
  4. Querido amigo, como sempre um poema magnifico, a dor e a esperança, tão bem retratadas.

    É assim que devemos olhar a Vida, sempre que um temporal nos derruba, devemos voltar a levantar, esquecer o mau tempo e seguir em frente com Esperança e Fé no coração, Deus vai iluminar o nosso caminho.

    "A esperança é o sonho do homem acordado." Aristóteles

    Bjs do tamanho d infinito
    Maria

    ResponderExcluir