domingo, novembro 28, 2010

Haikais - séries


Haikai - VII –

Sentado à beira
do lago... Na solitude d'alma -
os sons da natureza.

Elias Akhenaton

Haikai - VIII –

Alvinho como a neve
o lírio branco exala seu perfume –
do doce jardim.

Elias Akhenaton

Haikai - IX -

Cai pingos de orvalho
no encantado jardim de açucenas...
Magia da primavera.

Elias Akhenaton

Haikai - X -

O sol se pôs -
a lua vem suavemente
prateando a noite.

Elias Akhenaton

Haikai - XI -

Da beira do cais –
o céu azul nas águas do mar
e o vôo das andorinhas.

Elias Akhenaton

Haikai - XII -

No harém de flores
do encantado castelo primaveril...
O beija-flor é o rei.

Elias Akhenaton

Haikai - XIII –

O que se planta
colhe no jardim da existência:
Jardineiros da vida!

Elias Akhenaton

Haikai - XIV –

No frescor da aurora
o vento toca suavemente a janela...
Nasce o astro-rei.

Elias Akhenaton

Haikai - XV -

O bem-te-vi assobia
o dia inteiro no alto da palmeira...
Doce passarinho moleque!

Elias Akhenaton
"Eterno aprendiz, um peregrino da vida."

Um comentário:

  1. OLÁ ELIAS,
    ACABEI DE CONHECER O SEU BLOG E GOSTEI MUITO!!
    ADORO POESIAS,AS SUAS SÃO LINDAS!!PARABÉNS!!
    AMEI OS HAIKAI!
    CACÁ CARMINHA

    ResponderExcluir