quarta-feira, outubro 12, 2011

Tuareg


Na areia dourada do Saara,
Ele cumpre à sua missão.
Vai decifrando às miragens,
Dunas se formam na imensidão.

Nada consegue lhe deter.
Sob o sol escaldante do céu,
Galopa firme em seu camelo,
O guerreiro do turbante, do véu...

Ambos azuis, da cor do céu,
Os quais lhe dão à proteção.
Nas caravanas pelo deserto, 
Caminha com fé e devoção.

Depois de muito caminhar,
Já sob a luz prateada do luar,
Saciam a sede num belo oásis.
Na flauta; uma prece a Allāh...

O acampamento vai chegar,
Reinicia confiante à sua trilha.
O tempo pra ele é um tesouro,
Valente e incansável Mouro.

-**-Elias Akhenaton-**-

Nenhum comentário:

Postar um comentário