quinta-feira, fevereiro 23, 2012

Como um pássaro





















Nasci para ser livre
Como um pássaro peregrino.
Sou beija-flor
E ao mesmo tempo condor.

Viajo pelo mundo sem direção,
Sem rotas, limites e fronteiras,
Levando emoções,
Sentidas no coração.

Podem me encontrar num
Belo jardim namorando

Uma rubra flor,
Saboreando a seiva do amor.

Mas também podem me encontrar
Cruzando as altas cordilheiras,
Transmutando as incertezas,
Vencendo minhas barreiras.

Em qualquer lugar, seja onde eu for,
Sou sensível como um beija-flor
E perseverante como o místico condor.
Pássaro sou.

-**-Elias Akhenaton-**-


9 comentários:

  1. Olá.. Elias, belo post.
    Obrigada por seguir, to seguindo de volta!!!

    Bjks
    Daiana – Dias Melhores para Sempre!
    http://daidesiderio.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Oi Elias, as asas nos fazem grandes maravilhas.
    Ainda mais aqueles não físicas, mas sim internas emocionalmente.
    Eu sei que com esse par muitos vão longe. Assim como o sentimento livre e belo que você mostrou nessas palavras.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Buen texto.Un gusto visitarte y seguirte. Te envío un cordial saludo deseándote un buen fin de semana lleno de bendiciones para ti amigo.

    ResponderExcluir
  4. Vim agradecer sua visita no meu blog. Seguindo aki tbm! Abraço

    ResponderExcluir
  5. Obrigada por deixar seu delicioso perfume em meu jardim(blog) venho aqui retribuir o carinho e a per(seguir) seu cantinho, achei muito aconchegante e lindo, me sinto em casa, beijos carinhosos

    ResponderExcluir
  6. Precioso poema a la libertad de un pájaro que extiende sus alas y va a donde su corazón le lleve.

    Un saludo

    ResponderExcluir
  7. Quanta poesia no seu blog...adorei! Voltarei sempre, quem sabe consigo aprender a ser poeta. :)

    ResponderExcluir
  8. Grande Poeta! Estás no Recanto das Letras? Se não deveria, lá é muito bacana pra divulgar suas Obras! Gr. Bj. Elias

    ResponderExcluir