sábado, setembro 22, 2012

Chegou a Primavera!



E a primavera chegou
Com sua colorida estação...
Chegou para renovar
Às esperanças em nossos corações...

Chegou para perfumar o ar
Com suas flores delicadas, suaves,
Que nos inspiram sentimentos
De Paz, Amor e Alegria...
Como uma doce poesia.

Graças ao pai criador
Que na mãe natureza
Concebeu angelical, meiga...
Uma princesa de tão rara beleza.

Chegou à primavera, divinal!
Divinal como uma revoada
E o encanto do canto dos passarinhos
Que nas copas das árvores e jardins floridos
Constroem os seus ninhos,
Entoando felizes às mais lindas melodias...

Divinal como uma gota prateada
De orvalho, caindo levemente,
Escorrendo mansamente
Na rubra flor, na mística madrugada.

Chegou à primavera!
Estação de pura sensibilidade...
Ciclo de renascimento.
Momento de regar, cuidar
Do jardim que habita n’alma
E assim deixar brotar
Novos, nobres pensamentos,
Deixando fluir do peito,
A paz e o amor.

Primavera! Uma contemplação.
Sagrada fonte sublime
E inesgotável de inspiração...
Para o poeta sua (e) terna canção.

-**-Elias Akhenaton-**-



3 comentários:

  1. Olá amigo Elias. Um poema soberbo para saudar a chegada da primavera. Então te desejo florezinhas exuberantes, sonhos encantados, beijinhos perfumados e amores apaixonados. Meu carinho num caloroso abraço.

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pelo texto recheado de palavras com cheiro de flores.

    ResponderExcluir
  3. Olá Elias
    Sim, acordei de um pesadelo real, passou, como na vida tudo passa e, foi no meio da primavera que conheci o grande amor da minha vida que me enche de dengos, cuidados e carinhos. A felicidade desabrochou na minha vida no meio de flores naturais em seus habitats.
    Na primavera, aqui sutilmente divida em estrofes coloridas e molhadas com orvalho à matar a sede dos lindos pássaros que enfeitam o nosso jardim da vida.
    Poesia primavera é o bálsamo que envolve nossos sonhos infantis.
    Um beijo
    Lua Singular

    ResponderExcluir