quinta-feira, agosto 23, 2012

Beija-flor Cigano



Caminhando pelas rodas da vida,
Vou descortinando um novo horizonte.
Conhecendo lugares, uma nova lida,
Sem paradeiro certo, viajante.

Viajante, caminheiro, peregrino, sou
Beija-flor, nutrindo-me com a seiva do amor,
Sentimento nobre que o Criador criou,
Tendo como símbolo a ternura de uma flor.

Minh'alma voa nas asas da liberdade,
Adapto-me a qualquer localidade e lugar,
Armo minha tenda/tsara com criatividade,
Aguardando à noite festeira chegar.

À noite chega num sagrado luar,
É hora da festa começar, o som de um violão
E as batidas dos tamborins, faz-me bailar
Num belo canto que brota do coração.

Coração dum bailarino beija-flor cigano
Que voa semeando alegria e amor,
Em novas terras, rincões, além do oceano,
Além-mar, com doçura e fervor.

-**-Elias Akhenaton-**-


quinta-feira, agosto 09, 2012

Flor de Flamboyant


Hoje acordei com
Um cheiro de doce poesia
Impregnando meu pensamento...
Brisa delicada da manhã...
Flor de flamboyant.
Acácia rubra aflorando um
Sentimento de paz em minh’alma
E que seja eterno,
Não apenas uma inspiração
Ou uma mera ilusão...
Que esta essência se faça presente
Em meu ser em todas às manhãs,
Perpetuando-se durante todo dia...
Por toda vida...
Esta brisa suave,
De flor de flamboyant.”

-**-Elias Akhenaton-**-