sábado, abril 13, 2013

Rubra Flor

















Teu sedutor encanto de rubra flor,
Impregna minh'alma de admiração.
Pela magia e essência do amor,
Aflorando em meu ser, à inspiração.

Tu és a mais formosa flor do jardim,
Dos apaixonados, a agraciada.
Eterna paixão de desejo sem fim,
Pétalas ao vento, és também alada.

Teu aroma está nos cantos do mundo,
Exalando além-mar, nos continentes,
Um suave perfume, sutil e fecundo.

Dádiva de Deus criador, com certeza,
Que fez brotar em pequenas sementes,
Uma doce flor, de tão rara beleza!


-**-Elias Akhenaton-**-
“Um peregrino da vida, pescador de emoções.”



3 comentários:

  1. Que poema romântico!!Lindo demais!!
    Bjs.

    ResponderExcluir
  2. Uauuuuuu!!!!! Mas que espetáculo este teu poema. Inspiradíssimo e muito romântico. Beijokas da amiga
    Gracita

    ResponderExcluir
  3. Amigo Querido

    A flor que nos encanta...a bela rosa rubra...terno,doce e inspirado soneto...
    Bjinhos
    Carol

    ResponderExcluir