quarta-feira, junho 05, 2013

Beija flor cigano




No girar constante da roda da vida,
Vou contemplando, belos horizontes.
No céu azul da manhã, cena preferida:
O belo nascer do sol entre os montes.


Voo nas asas da excelsa liberdade,
Sou filho do vento, da terra, do mar.
Em qualquer paragem, tem felicidade,
Inda mais com noites, festeiras ao luar...

E ela está estrelada, reluz o clarão.
Ao som de violinos, danço uma melodia,
Com a Flor de Lis. Gitana do coração...

D'um peregrino beija-flor cigano,
Qu' carrega no peito, amor e alegria,
Voando no vasto céu – em todo oceano.

-**-Elias Akhenaton-**-
"Um peregrino da vida, pescador de emoções." 

http://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=248874 


4 comentários:

  1. Hola Elias, buenos días, muy bello soneto, me ha gustado. Gracias. Un abrazo.
    Lola Barea.

    ResponderExcluir
  2. Bom dia, Elias!
    Mais um belo soneto, com u toque cigano, trazendo a liberdade nas asas do beija-flor!
    Beijos, Isabel

    http://isabelborboletando.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Preciosas letras Elias, yo acabo de reintegrarme en mi sitio y estoy poniendo al día la lectura.
    Te dejo un fuerte abrazo, buen descanso!

    ResponderExcluir
  4. Olá Elias super legal seu blog com ótimo conteúdo gostaria de lhe dar os parabéns e desejar sucesso aqui no seu espaço e que DEUS ilumine ricamente e abundantemente sua vida e a de seus familiares
    Um grande abraço

    ResponderExcluir