terça-feira, junho 04, 2013

Teu Jeito de Ser
















Inspira-me teu jeito de ser, assim,
Decotada, com ar de liberdade.
Poros exalando sensualidade,
Posando, se insinuando p’ra mim.

Verdadeira deusa grega do amor,
Revelando seu charme de sedução,
Atiçando em meu peito, minha paixão.
Afrodite, teu brilho, é um esplendor.

Tua explicitude de ser, semblante
Inocente, ao mesmo tempo madura,
Seduz-me de forma alucinante.

Enfim, és bela, de corpo estonteante.
De quero em minha doce loucura,
Para te amar... Á todo instante!

-**-Elias Akhenaton-**-

Um peregrino da vida, pescador de emoções."

3 comentários:

  1. Bom dia! perfeito soneto. Bonito, adorei!

    ResponderExcluir
  2. Bom dia, Elias! Senti sua falta... seu soneto está belo, como tudo o que vc escreve! Tem uma sensualidade suave, uma maneira sutil de descrever o corpo da mulher amada! Adorei!
    Bjs, Isabel

    http://isabelborboletando.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Amigo Poeta
    Elias

    Alguém que deve se sentir muito feliz sendo a inspiradora de tão belo doce soneto...parabéns hoje e sempre!
    Bjinhos

    ResponderExcluir