sábado, novembro 23, 2013

Bons Sonhos!
















Acreditemos nos sonhos, em sua magia,
Pois eles nos pertencem, com certeza.
Um após outro, um novo a cada dia,
Cada um colorido, com a sua beleza.

Quando a aurora raiar no horizonte,
Qu’ tenhamos dentro de nós à esp’rança:
No labor, no sonho - erguendo à fronte.
Aprendemos nos tempos de criança.

Dizem qu’ o sonho é ilusão, quimera,
Mas às vezes não, é meta ao raiar o sol.
Falo do bom, dar sabor a vida, tempera...

Mesmo qu’ não se realize, vale a pena...
Quando o sol deitar-se em seu arrebol.
Venham mais sonhos da cor à noite serena!

-**-Elias Akhenaton-**-
“Um peregrino da vida, pescador de emoções”.



4 comentários:

  1. Um poema que nos encanta e que nos leva pelo mundo dos sonhos.
    Beijinhos
    Maria

    ResponderExcluir
  2. Querido Poeta Elias

    A cada dia nossos sonhos se renovam...a vida sem sonhos é bem como diz o teu soneto fica sem tempero...e se não há sonhos...não existe vida.
    Bela inspiração nascida da verve de um poeta como tu que sabe tão bem transcrever o que vai na alma.
    Bjinhos e tenha uma semana de acordo com os teus desejos...

    ResponderExcluir
  3. Viver de sonhos não cabe na vida.
    Sonhos alçam voos para que se possa alcançar.
    Magnifica obra.
    Parabéns.

    ResponderExcluir
  4. O que seria a vida sem sonhos? São eles que fazem a vida valer a pena....como sempre tocante Elias...um grande abraço

    ResponderExcluir