sábado, fevereiro 15, 2014

Beija-flor Cigano

















No girar constante da roda da vida,
Vou contemplando, belos horizontes.
No céu azul da manhã, cena preferida;
O belo nascer do sol entre os montes.

Voo nas asas da excelsa liberdade,
Sou filho do vento, da terra, do mar.
Em qualquer paragem, tem felicidade,
Inda mais com noite, festeira ao luar.

O Rei Sol repousou, surgiu à lua, então;
Ao som de violinos, danço uma melodia,
Com a Flor de Lis - Gitana do coração...

De um caminheiro beija-flor cigano,
Que carrega no peito, amor e alegria,
Seguindo à vida, com Deus soberano.

Elias Akhenaton
Um peregrino da vida, pescador de emoções.

http://silviamota.ning.com/profiles/blogs/beija-flor-cigano




6 comentários:

  1. E assim é o povo cigano... filhos do vento...

    ResponderExcluir
  2. "Em qualquer paragem, tem felicidade," perfeitamente lindo!!
    Doce beijo!

    ResponderExcluir
  3. Oi Elias
    É essa liberdade que os faz tão especiais! São filhos da brisa e voam embalados pelo amor.
    Beijos e um lindo final de semana

    ResponderExcluir
  4. Somos livres, filhos do vento, da terra e do mar.Indo e vindo, subindo e descendo.Lindo!!!
    Semana com muita luz.
    http://dicasdepintura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Encantada...
    Puede inscribirte in mi blog http://rockmusicspace.blogspot.it/..
    Mucha feliçidad para mi..
    besitos..

    ResponderExcluir