sábado, fevereiro 15, 2014

Beija-flor Cigano

















No girar constante da roda da vida,
Vou contemplando, belos horizontes.
No céu azul da manhã, cena preferida;
O belo nascer do sol entre os montes.

Voo nas asas da excelsa liberdade,
Sou filho do vento, da terra, do mar.
Em qualquer paragem, tem felicidade,
Inda mais com noite, festeira ao luar.

O Rei Sol repousou, surgiu à lua, então;
Ao som de violinos, danço uma melodia,
Com a Flor de Lis - Gitana do coração...

De um caminheiro beija-flor cigano,
Que carrega no peito, amor e alegria,
Seguindo à vida, com Deus soberano.

Elias Akhenaton
Um peregrino da vida, pescador de emoções.

http://silviamota.ning.com/profiles/blogs/beija-flor-cigano




sexta-feira, fevereiro 14, 2014

A Cada Manhã Uma Nova Esperança!
















Vem raiando o dia, à nova alvorada;
O canto dos pássaros é doce melodia.
Entoam sons, canções de profecia,
Revelando-me uma boa jornada.

Quão bela é à aurora encantada!

O sol infante reina, coroado de alegria,
P’ra confirmar, com graça e galhardia,
O qu’ ouvi dos pássaros, na madrugad

Há de ter sempre fé e determinação.

A cada manhã brota à flor da esperança,
Ensinou meus pais, eu ainda criança...

Também uma nobre perseverança.

Trilhar a vida, com os pés da confiança
E não olvidar, ser grato a Deus, em oração.

Elias Akhenaton
Um peregrino da vida, pescador de emoções.

http://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=248747

quarta-feira, fevereiro 12, 2014

O Teu Cheiro
















O doce cheiro da tua pele me seduz,
Impregnado na deliciosa perfeição
Do teu belo corpo, que me conduz
Aos teus carinhos numa louca atração.

Teu perfume me deixa em desatino
Despertando meu desejo, sem pudor.
Que faz de mim um maroto menino,
Alucinado com o teu aroma sedutor.

Aqui e alhures; seja na terra, no mar,
Estarás comigo, em meu pensamento,
Teu cheiro, o beijo, o modo de amar.

És à mulher, dona do meu sentimento,
É um prazer estar contigo, te desejar...
Eternizando no peito, cada momento.

Elias Akhenaton
Um peregrino da vida, pescador de emoções.

http://silviamota.ning.com/profiles/blogs/o-teu-cheiro

sábado, fevereiro 08, 2014

À Cor do meu Amor

















O amor têm belas cores,
Mas à cor do meu, é azul.
Azul da cor do mar,
Da cor do céu, em dias de sol.
Azul como teu olhar...

Olhar azul, reflexo do amor,
Que habita em minh’alma.
Um amor puro e cristalino,
Como o azul do céu,
O azul da cor do mar.

Está no céu, está no mar
À cor do meu amor.
Te quero no esplendor,
Que brilha do meu amor.

Gosto do céu azul,
Que faz o azul do mar,
Do amor que reflete,
À beleza do teu olhar...
Gosto do sol de verão,
Teu corpo bronzeado
É um doce pecado, pura sedução.

Amo beijar teus lábios
Tua seiva tem gosto de mel.
Sou um homem apaixonado,
Amar-te é minha alegria, 
O cantar de uma doce melodia,
Nos versos suaves da poesia.
Amar-te morena, é estar,
No paraíso do céu.

Elias Akhenaton
Um peregrino da vida, pescador de emoções.

http://silviamota.ning.com/profiles/blogs/cor-do-meu-amor